Programa A VOZ DO PROFESSOR NA 87 FM

Ouça o programa toda segunda-feira às 20:00 horas na 87 fm, pelo site da aplb ou www.uaua.com.br.

DIRETORIA DA APLB UAUÁ.

Diretoria da APLB UAUA BAHIA.

APLB UAUÁ

Muitas conquistas dessa classe de professores na cidade de Uauá.

Ações da APLB UAUÁ

Foto de manifestação pelas ruas da cidade. Reinvindicando nossos Direitos.

Manifestação pelas ruas da cidade

Fotos manifesto professores.

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

EM ASSEMBLEIA COM A PRESENÇA DE JOEL CÂMARA, PROFESSORES ACEITAM PROPOSTA


No dia 28 de novembro de 2014, às 14h, no centro comunitário, os professores reuniram-se em Assembleia com o assessor técnico da APLB, Joel Câmara, para discorrer e deliberar uma proposta para apresentar ao prefeito com o intuito de revogação do decreto 325/14, que corta todas as vantagens dos professores.

O advogado e assessor técnico da APLB, Joel Câmara, fez uma leitura sobre o decreto e o caracterizou como nefasto e inconstitucional. Porém,  o objetivo é que trazia preocupações, à vista da situação que passa Uauá no que concerni a rede municipal de educação. Salientando que entrando na justiça seria uma briga sem procedência e um dos objetivos do decreto estaria sido alcançado. Nesse intuito, pediu a classe calma e reflexão, tendo vista o fim do ano letivo e a situação que se encontra a educação municipal na relação quantitativa professor x alunos. Sendo assim sugeriu para categoria a seguinte proposta, consultando-a: Solicitar do prefeito a republicação do decreto contendo no texto o termo Temporário, até janeiro, Resguardando a Mudança de Nível, AC, para quem está fazendo, e o Quinquênio. Sendo que as outras vantagens, fossem negociadas em janeiro de forma retroativa. A categoria aceitou a proposta. 
À tarde, a comissão de estudo do plano e ordenamento da rede, lideres sindicais e Joel foram para uma reunião marcada pela administração, os professores compareceram e ficaram na frente da prefeitura esperando o resultado.
Na reunião houve várias falas. Logo após, Joel apresentou a proposta firmada junto a categoria, sendo aceita pela administração. 
A categoria espera a republicação do decreto para ratificação do acordo. Caso o decreto não atenda os termos elencados na reunião, a categoria voltará a se reunir para deliberar novas ações.






74-9955-3888(Aplb)
74-9970-2838(Zé Carlos/Diretor sindical)
74-9996-6476(Prolepses/Coordenador)
E-mail.:



COMISSÃO DE ESTUDO DO PLANO E ORDENAMENTO DA REDE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO COM JOEL CÃMARA


No dia 27 de novembro de 2014, a comissão de estudo do Plano e Ordenamento da Rede Municipal de Educação se reunião na câmara municipal de de vereadores para mais um dia de estudos e analises da educação no âmbito da rede municipal com o Assessor Técnico da APLB, Joel Câmara. A categoria dos professores está representada na comissão pelos lideres sindicais da APLB, Francisco-Prolepses e Meire Nancy, e do Sindsmu, Milton Rodrigues, além das professoras Sana Oliveira e Marcia Correia.
Nesse momento o estudo perpasse pelo levantamento de dados, identificando o quantitativo de professores, lotação, qualificação, tempo e número de alunos. Objetivo é identificar o quadro real da educação do município. Até o momento identificasse que há 434 professores na rede para 4.577 alunos. Dentro desse princípio, Joel, alerta a preocupação de se realizar um estudo minucioso e adianta que terá de fazer algumas adequações na rede.
A comissão voltará a se reunir em dezembro.

A diretoria!










74-9955-3888(Aplb)
74-9970-2838(Zé Carlos/Diretor sindical)
74-9996-6476(Prolepses/Coordenador)
E-mail.:


quinta-feira, 27 de novembro de 2014

PROFESSORES OCUPAM O FÓRUM DE UAUÁ


Hoje(27/11/14) os professores, mobilizados devido o decreto 325/2014 que retira vantagens e gratificações dos profissionais em educação, cumpriram mais um dia de paralisação acordado em Assembleia.
Tendo como ponto de encontro a praça central da cidade, São João Batista, os professores seguiram para a comarca da cidade com intuito de ocupar e chamar a atenção do magistrado e do MP para a situação a qual passa a categoria. Depois de um bom tempo, os professores seguiram para a câmara de vereadores, onde estavam os lideres sindicais em uma comissão de estudo da Rede Municipal de Educação, ministrado pelo Assessor Técnico da APLB, Joel Câmara.


Contato:
74-9955-3888(Aplb)
74-9970-2838(Zé Carlos/Diretor sindical)
74-9996-6476(Prolepses/Coordenador)
E-mail.:


quarta-feira, 26 de novembro de 2014

PROFESSORES MOBILIZADOS EM UAUÁ


Desde o dia 31 de Outubro de 2014, quando a administração publicou o decreto 325/14 que
suspende as gratificações e vantagens por tempo indeterminado dos professores municipais
(https://www.ipmbrasil.org.br/Visualizar-Publicacao.aspx?cod=1658&file=9658CF9810CF71A94B18D5E940AE2AC6&action=open), os lideres sindicais da APLB(Francisco-Prolepses) e Milton Rodrigues(Sindsmu) entraram em estado de alerta, unindo-se  para defender os direitos da categoria, convocando-a para uma Assembleia datada no dia 05/11/14. Na Assembleia, a categoria decidiu entrar em estado de mobilização elencando 02(dois) dias da semana(segunda, feira livre na cidade e quinta, dia de plantão do Magistrado e da Promotoria), até o quinto dia útil. 

No dia 10/11/14(segunda-feira), os professores se encontraram na frente do Sindsmu e fizeram uma grande reunião na praça São João Batista, centro da cidade, elaborando estratégias e um plano de ação para mobilizar a comunidade. A categoria esperava ansiosa pela presença da impressa televisiva, Tv São Francisco. Nesse interstício, os líderes dos sindicatos reuniram-se com os advogados para discorrer sobre o decreto e ação que faria(a reunião aconteceu no escritório do advogado da APLB, Dr. Italmar). Durante a reunião, os líderes receberam os jornalistas da tv São Francisco, Juazeiro-Ba, concedendo entrevistas. Assim como, no fim da tarde, jurídico dos sindicatos, juntamente com as lideranças foram a uma reunião na secretaria de educação para uma reunião com a administração para tentar rever a situação e revogar o decreto, a reunião foi a pedido da mesma. Sem sucesso! Houve um debate de entendimento jurídico e ficou marcado uma próxima reunião, que foi desmarcada pela administração por motivo de ausência do procurador jurídico. 

No dia 20 de novembro(quinta-feira), a categoria encontrou-se para mais uma mobilização, desta feita no fórum municipal e na prefeitura, atendendo a determinação da Assembleia. A categoria ficou por um tempo na comarca até os líderes sindicais serem atendidos pelo promotor. Logo após, seguiram para a prefeitura, onde foram recebidos pelo prefeito no seu gabinete. Nesse momento, o prefeito externou que não tinha condições de pagar a folha da educação, pois já passava de 100%, clamando a categoria que fosse para justiça. Os professores e os dirigentes intercalaram pontuando as dificuldades que acarretariam os cortes e a ilegalidade do decreto, pedindo a revogação do mesmo. 
No dia 24 de novembro de 2014(segunda-feira), fizeram outra mobilização pela feira livre da cidade em contato direto com o povo, informando o motivo das paralisações e conscientizando-os da importância da luta, pedindo que mantenham os filhos nas escolas da rede municipal, comprometendo em pagar cada dia paralisado.
O coordenador da APLB-UAUÁ, Francisco-Prolepses, disse: " Administração é para administrar, Sindicato é para DEFENDER. É o que podemos e estamos fazendo."











Contato:
74-9955-3888(Aplb)
74-9970-2838(Zé Carlos/Diretor sindical)
74-9996-6476(Prolepses/Coordenador)
E-mail.:
 




Clínica Dentsão

Clínica Dentsão

Silmara Variedades - O Shopping do Povo

Silmara Variedades - O Shopping do Povo

Confecções Araújo em Uauá

Confecções Araújo em Uauá