Programa A VOZ DO PROFESSOR NA 87 FM

Ouça o programa toda segunda-feira às 20:00 horas na 87 fm, pelo site da aplb ou www.uaua.com.br.

DIRETORIA DA APLB UAUÁ.

Diretoria da APLB UAUA BAHIA.

APLB UAUÁ

Muitas conquistas dessa classe de professores na cidade de Uauá.

Ações da APLB UAUÁ

Foto de manifestação pelas ruas da cidade. Reinvindicando nossos Direitos.

Manifestação pelas ruas da cidade

Fotos manifesto professores.

terça-feira, 31 de julho de 2018

SALVADOR: PROFESSORES EM GREVE VÃO AO MINISTÉRIO PÚBLICO E A OAB


Hoje (31/07/18), os professores em Greve na cidade de Salvador, fizeram caminhada até o Ministério Público e a OAB.


Fonte: Facebook de Marco Marcelo(Dirigente da APLB-Salvador)

ACOMPANHE AS LICENÇAS E APOSENTADORIAS CONCEDIDAS PELO GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA NO MÊS DE JULHO


Fim do mês...

Diários Oficiais de 31, 28, 27, 26, 25, 24 e 21 de julho: 

1. Avanço e adicional por tempo de serviço; 

2. Aposentadoria; 

3. Licença para curso de pós-graduação;

4. Licença-prêmio.









Fonte: Site da APLB-ESTADUAL.

UIBAÍ (BA): PROFESSORES PARALISAM ATIVIDADES PARA GARANTIR DIREITOS



O Sindicato dos Servidores Públicos do município de Uibaí, na região de Irecê,  vem recebendo inúmeras reclamações dos professores no sentido de que a atual gestão do município não vem observando o limite de 2/3 da jornada contratual para atividades de interação com os educandos e 1/3 para atividades extraclasse, pois está obrigando os professores a manterem suas jornadas em tempo integral com interação com os educandos.
 O presidente do Sindicato, José Francolino, também professor, relata que, em outras oportunidades a Diretoria do sindicato já havia buscado junto a atual administração a resolução dessa reivindicação da categoria, porém, sequer obtiveram resposta do quanto reivindicado. Dessa forma, o Sindicato não encontrou outra alternativa, a não ser convocar a categoria para uma Assembleia Extraordinária, a qual foi realizada às 17:00 horas do dia 18/07/2018, em terceira e última convocação para deliberar sobre a deflagração de movimento grevista por tempo indeterminado em decorrência do seguinte motivo: a) A não observação do limite de 2/3 da jornada contratual para atividades de interação com os educandos e 1/3 para atividades extraclasse, cujas atividades consiste em planejamento de aula, correção de atividades/provas, etc.
 Assim, nessa assembleia foi deliberado pela categoria que todas as quartas-feiras suspenderão suas atividades, interrupção que teve início no dia 25/07/2018, quando ocorreu com a realização de atividades extraclasse, por conseguinte, nas datas com paralisação, os professores não ministrarão aulas com os educandos, mas ficarão no recinto escolar realizando atividades extraclasse. “Não podemos perder de vista que, a reserva de 1/3 da jornada de trabalho dos profissionais do magistério para o exercício das atividades extraclasse é assegurado pelo o artigo 67º, inciso V da LDB, Lei Federal 9394/1996 e pelo o artigo 2º, §4º da Lei Federal 11738/2008”, disse José Francolino.
Com essa decisão tomada pela categoria, o sindicato seguindo os trâmites legais protocolou junto a Secretaria de Educação do município, como também junto ao executivo, ofício, notificando, assim os setores competentes da decisão da categoria em repúdio a não concessão da reserva de 1/3 para as atividades extraclasse, onde na oportunidade, o sindicato se coloca a inteira disposição para junto com o poder executivo local buscarem uma solução.

Fonte: Ascom do Sindicato.

segunda-feira, 30 de julho de 2018

OLINDINA (BA): PROFESSORES SE UNEM EM ASSEMBLEIA PARA DELIBERAR SOBRE O REAJUSTE DO PISO SALARIAL (6,81%)


Assembléia Ordinária da Aplb Sindicato Delegacia do Itapicuru Sede Olindina. Foi um sucesso em participação. Palestrante principal Dr. Joel Câmara discorrendo sobre o tema Reajuste Salarial. A principio tivemos uma discussão salutar, na qual foi discutido, e votado pela categoria a proposta que será apresentada ao Gestor e posteriormente reuniremos novamente a categoria para fazer o repasse da devolutiva da Gestão.






Fonte: Facebook da APLB de Olindina.

RIACHÃO DAS NEVES(BA): PROFESSORES PARALISAM ATIVIDADES COM VISTA À GREVE


Estamos na luta pelos nossos direitos .
APLB SINDICATO de Riachão das Neves ,hoje paralisa as suas atividades pelas seguintes pautas:
*Mudança de classe
*Devolução das Classes dos Professores
*Mudança de Nível dos coordenadores pedagógicos.




Fonte: Karla, Diretora da APLB

CORAÇÃO DE MARIA(BA): PROFESSORES DECIDEM MANTER-SE EM GREVE


Nesta manhã de segunda dia 30, a Assembleia dos Trabalhadores em Educação de Coração de Maria decidiram por unanimidade marter a greve.
Após a votação nos dirigimos para a Prefeitura e estamos ocupando o espaço, aguardando que o Prefeito Sr . Paim apareça para atender os Trabalhadores afim de resolvermos a greve que iniciou-se desde o dia 26 desse, reivindicando melhores condições trabalhos, valorização profissional, reconhecimento da formação e recomposição salarial.




Fonte: Marlede(Diretora Regional da APLB), via Whatsapp.

sexta-feira, 27 de julho de 2018

COORDENADOR DA APLB-UAUÁ PARTICIPA DE REUNIÃO COM O SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO


Hoje(27/07/18), o coordenador da APLB-UAUÁ, Francisco-Prolepses, participou de uma reunião com o novo secretário de Educação com pauta preestabelecida pelo gestor da pasta.
Na reunião foi demonstrado algumas ações em andamento, como:

1. Requisição, junto à administração, de uma junta médica para analisar os pedidos de readaptação;
2. Analise da nova portaria que versa sobre o atestado médico, conscientizando os servidores;
3. Fazer um levamento dos pedidos de Mudança de Nível e Geaps, 2017 e 2018;
4. Fazer um levantamento financeiro com intuito a conceder a licença-pecúnia, a vigorar nas concessões 2019;
5. Priorizar a Atividade Complementar, conscientizando os professores da importância da mesma;
6. Fazer a padronização das escolas, tendo como foco a sua história;
7. Agilizar o processo de firmação do Fundo Municipal de Educação, está em andamento junto a agência bancária;
8. Reunir os presidentes dos Conselhos e pedir o andamento dos mesmos, dando apoio no que for preciso;
9. Convocar a Comissão de Acompanhamento do Plano de Carreira (inclusive convocar mais membros), dando total apoio às suas atividades;
10. Formar uma Comissão para Acompanhar o Precatório do FUNDEF, envolvendo os sindicatos.
11. Analisar, com foco na importância da formação do professor para à rede municipal, a Licença para Formação (Mestrado e Doutorado)

O coordenador, ofereceu total apoio e se mostrou otimista com o novo secretário, devido ao empenho e vontade de que tudo der certo quando o mesmo fala em organizar a educação e valorizar os seus profissionais.
A reunião contou com a participação do presidente do Sindsmu, Milton Rodrigues.




ASCOM: APLB-UAUÁ
Contato:
74-9970-2838(Zé Carlos/Diretor sindical)
74-99930-6457(Prolepses/Coordenador)
74-99974-7762(Meire Nanci/Vice-Coordenadora)
E-mail.:


JEREMOABO: SINDICATO INFORMA QUE OS PROFESSORES PODEM ENTRAR EM GREVE PARA REIVINDICAR O REAJUSTE DO PISO SALARIAL


Quase às vésperas do reinício do segundo semestre do ano letivo do ano de 2018, os servidores da Educação do município de Jeremoabo ainda não receberam os salários do mês de junho. Desesperados com as contas que se acumulam e cansados de justificativas, os profissionais decidiram em assembleia, que reiniciarão as atividades do ano letivo, mas se a situação perdurar haverá uma nova reunião para decidir sobre uma possível paralisação.

O encontro ocorreu na noite da  terça-feira, 24 de julho 2018, no Auditório do Sindicato dos Trabalhadores Rurais da cidade e foi coordenada pelo SINPROJER – Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Jeremoabo. As aulas de 2018 na rede municipal deverão iniciar na próxima segunda-feira, dia 30 de julho.  De acordo com a presidente do SINPROJER, Rita Andrade, o gestor ainda não apresentou nenhuma proposta, sob alegação de que as contas ainda não foram movimentadas pela nova administração. 

“Muitas categorias decidiram então que realizaremos nova assembleia no próximo dia 07 de agosto, com a pauta greve, e se a categoria decidir paralisar nós buscaremos amparo legal para fortalecer a classe e chamar a atenção do gestor. Na primeira reunião, o atual gestor esteve presente e se mostrou muito interessado, porém na última que ocorreu na segunda-feira, 23, ele não esteve presente, talvez por não ter nenhuma proposta. Há argumentos de que ficou muito dinheiro em conta; o gestor atual diz que não tem, e estamos buscando essa informação de forma concreta para levarmos ao sócio, visto que até aqui existem apenas suposições”,

Vale salientar que quem deveria ter pagado os vencimentos em questão era o gestor interino Antônio Chaves, que alegou na ocasião, não possuir em caixa recursos suficientes para quitar 100% da folha, deixando a responsabilidade para o novo gestor, Derí do Paloma, que assumiu a cadeira no dia 03 de julho de 2018. Por Adalberto Moreno do Jeremoabo Agora.

ADUSTINA: PREFEITO FECHOU 29 ESCOLA POR DECRETO



O Prefeito Municipal de Adustina, Estado da Bahia, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei, em especial a Lei Orgânica Municipal, Considerando a necessidade de adequação da Rede Municipal de Ensino às novas regras ditadas pelo Ministério da Educação; Considerando o interesse público. Resolve
:
Art. 1º - As Instituições da Rede Municipal de Ensino Infantil e Fundamental abaixo descrita ficarão extintas em razão de inexistência de interesse público, as 29 escolas existente nos povoados abaixo relacionados. Art. 2º - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Gabinete do Prefeito Municipal de Adustina (BA), 18 de julho de 2018. PAULO SERGIO DE OLIVEIRA SANTOS, Prefeito Municipal, IVONE GONÇALVES PRÍNCIPE, Secretária Municipal de Educação. 
Publicado no D.O. da Prefeitura Municipal de Adustina. 

“O povo não pode sofrer tanto, educação não é despesa, é investimento", afirmou dona Maria mãe de cinco crianças residente da zona rural. A transferência dos alunos para escolas localizadas na sede do município, não foi bem recebida. É válido lembrar que a educação é um direito constitucional. Sabemos que os transportes escolar é precário e para muitas dessas crianças pegarem o ônibus é distante. Do site Rodrygo Ferraz.

PUBLICADO APOSENTADORIA E LICENÇA PARA OS PROFESSORES DO ESTADO DA BAHIA



Publicado Portaria no Diário Oficial do Governo do Estado da Bahia concedendo aposentadoria e licença-prêmio.

Veja a relação nas fotos:


Fonte: EGBA

PIRITIBA: EX-PREFEITO É DENUNCIADO PELO TCM POR NÃO APLICAR CORRETAMENTE O RECURSO DO PRECATÓRIO DO FUNDEF



O Tribunal de Contas dos Municípios, na sessão de quinta-feira, 26 de julho 2018, julgou procedente o termo de ocorrência lavrado contra o ex-prefeito de Piritiba, Ivan Silva Cedraz, por irregularidade na movimentação e aplicação dos recursos oriundos do precatório do Fundef, no exercício de 2016. O município recebeu da União o montante de R$18.571.043,17, a título de complementação de recursos do Fundeb, em razão da diferença existente entre o valor previsto na lei vigente à época e aquele fixado ilegalmente em montante inferior pela União. O relator, conselheiro Fernando Vita, determinou a formulação de representação ao Ministério Público Federal contra o gestor, em face de possível prática de ato de improbidade administrativa diante do desvio de finalidade na aplicação desses recursos e imputou multa de R$15 mil.

Ao analisar a conta bancária indicada para o recebimento e movimentação dos recursos oriundos do precatório/Fundef, a relatoria identificou a transferência da quantia de R$4.570.000,00, pela prefeitura, para outras contas bancárias, descumprindo a determinação do TCM, que veda a transferência desses recursos entre contas do Poder Executivo municipal. Esses valores devem ser operados por conta bancária única e específica, como forma de viabilizar um acompanhamento mais transparente da movimentação dos recursos e da sua aplicação. Ressalta também que, após a transferência, houve adimplemento de 147 processos de pagamentos com verbas do precatório do Fundef, no valor total de R$1.542.757,94, com finalidades não compatíveis com ações da área de educação.

Além disso, ficou caracterizado o desvio de finalidade na aplicação desses valores, cujas despesas foram reconhecidamente gastas pelo gestor em finalidades diversas da função educação, a exemplo de saúde e obras. E, quando utilizados na área de educação, a aplicação ocorreu de forma indevida, vez que foram confundidas com despesas de 2016, cuja base de cálculo deveria se resumir ao produto da arrecadação dos impostos daquele exercício. A relatoria determinou ao atual prefeito, Samuel Oliveira Santana, que promova, com recursos municipais, a devolução do montante correspondente a R$4.570.000,00, à conta corrente específica do precatório/Fundef. Cabe recurso da decisão. 


Do site TCM.

quinta-feira, 26 de julho de 2018

CORAÇÃO DE MARIA: PROFESSORES ENTRAM EM GREVE REIVINDICANDO O REAJUSTE DO PISO SALARIAL (6,81%)


Nesta manhã de quinta dia 26,  participando da Assembleia em Coração de Maria.
A categoria aprovou greve a partir de hoje  por tempo indeterminado.
O Prefeito do PT o Sr. Paim não deu respista as reivindicações da categoria., dentre elas o Reajuste do Piso.
Só conquista quem luta!

Fonte: Dirigente da APLB, Marlede.

COORDENADOR PARTICIPA DO ATO SOLENE DA PUBLICAÇÃO DO REAJUSTE DO PISO SALARIAL DOS PROFESSORES (6,81%)


Hoje (26 de Julho de 2018), o coordenador da APLB-UAUÁ, Francisco-Prolepses, participou do ato solene no gabinete do prefeito municipal de Uaauá, Lindomar Dantas (Pc do B), para assinar e publicar o reajuste do Piso Salarial dos Professores (6,81%).
O coordenador falou sobre a importância do ato, pois valoriza a carreira dos professores, que tem a mais bela missão: mediar o saber da geração uauaense, e precisam ser reconhecidos. Afirmando que o prefeito, Lindomar Dantas, cumpriu o acordo firmando com a categoria em receber o Reajuste a partir do Segundo Semestre, referendando o entendimento da mesma sobre a atual situação financeira por qual passa o município, externando que a APLB-UAUÁ sempre esteve e estará à disposição para dialogar e ajudar no processo de valorização dos profissionais e na qualidade da Educação Municipal.



ASCOM: APLB-UAUÁ
Contato:
74-9970-2838(Zé Carlos/Diretor sindical)
74-99930-6457(Prolepses/Coordenador)
74-99974-7762(Meire Nanci/Vice-Coordenadora)
E-mail.:

quarta-feira, 25 de julho de 2018

GUANAMBI: PROFESSORES EM GREVE REIVINDICANDO O REAJUSTE DO PISO SALARIAL (6,81%)



Na segunda-feira, 23 de julho 2018, teve início a greve dos professores da rede municipal de Guanambi, Estado da Bahia. A decisão foi tomada em assembleia, após as negociações com a Administração Municipal não avançarem. Por conta da greve, mais de 11 mil alunos estão sem aulas. Segundo o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Guanambi, o ponto principal das reivindicações dos professores é o reajuste do percentual (6,81%) do Piso Salarial, definido por meio do Ministério da Educação.

Os grevistas realizaram manifestações em frente à prefeitura. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, eles alegam que a atual gestão está gastando apenas 88,34% dos recursos do Fundeb com folha dos professores e o repasse de 6,81% caberia no orçamento.

Em nota, a prefeitura afirmou que o repasse do Fundeb é todo direcionado aos professores, precisando ser complementado com recursos do Município. Além disso, a prefeitura esclareceu que, devido a esse déficit, em 2017, o município teve de complementar em mais de R$ 2,5 milhões. “Se for concedido o reajuste, o déficit saltará para mais de R$ 7,5 milhões, valor que não tem como cobrir”, diz a nota.  A greve segue por tempo indeterminado. 
Do Achei Sudoeste.

GREVE DOS PROFESSORES DE ESPLANADA COMPLETOU 51 DIAS



Professores da rede municipal e servidores da prefeitura de Esplanada, no agreste baiano, completa na quarta-feira, 25 de julho 2018, 51 dias de paralisação. Na terça-feira (24), os grevistas realizaram um ato maior do que o de quinta-feira (19), quando fecharam um trecho da BR-101. A manifestação foi na frente da prefeitura e teve  início as  8h30.  Para encerrar a greve, o sindicato pede reajuste de 6,81% nos salários dos professores e a efetivação do plano de cargos e salários para os demais servidores. 

Segundo Edilânia Ferraz, o plano de cargos foi aprovado em 2016, quando o então prefeito Francisco da Cruz, o Franco de Aldemir (PRB). “Esse plano foi aprovado por unanimidade por todos os vereadores, o que inclui o voto do atual prefeito que era vereador”, declarou Ferraz. Ainda conforme a professora, em torno de 468 professores trabalham na rede municipal, sendo que 85 são vinculados à APLB, que segundo a docente, não está integrada à greve. Já o número de servidores vinculados ao sindicato é de quase 1 mil. A docente disse também que até o momento nenhuma contraproposta foi apresentada pelo prefeito.
 Por Francis Juliano do Se Liga Alagoinhas

COORDENADOR DA APLB-UAUÁ FAZ UM RELATO SOBRE O FUNDEB, TENDO COMO FOCO A FOLHA DA EDUCAÇÃO, PAGAMENTO DOS EFETIVOS



Eu gostaria de pedir atenção dos meus colegas para, de FATO, falar sobre essa tabela mostrada pela APLB-UAUÁ, realizada com base nos dados do TCM-BA, Banco do Brasil e Folha da Educação Municipal (RH), isso sem o Reajuste do Piso de 6,81%. Tema esse que vem sendo demonstrado aos professores desde 2012, precisamente naquela reunião no centro paroquial feita pelo prefeito da época. Naquela reunião, que estávamos sem alguns direitos básicos, foi mostrado dados na carreira dizendo que o prefeito não poderia cobrir a FOLHA DE PAGAMENTO (é certo lembrar que acabamos aquele anos com boa parte dos professores sem pagamento no fim do ano), sendo que todas ações impetradas pela APLB pelo atraso de PAGAMENTO MENSAL e do Reajuste do Piso Salarial no Ministério Público (Dr. Marcelo Cerqueira), O prefeito enviava o seu secretário de Finanças com as Folhas de Pagamento da Prefeitura e ali o promotor dizia: “Vocês precisam rever a situação de forma geral para manter a carreira.” 
Assim veio 2013, 2014,2015 e 2016, a gente vendo e ouvindo a mesma narrativa e demonstrações sobre a realidade da nossa carreira. Inclusive no fim da greve em 2014, a APLB, junto com secretário da época, assessores da educação e advogados, firmaram um compromisso na frente do Dr. Marcelo Cerqueira do município fornecer a Folha da Educação para APLB e a APLB sentar com os professores para REVER A CARREIRA (FOTO ABAIXO). 
Em 2015, Joel Câmara, esteve em Uauá e apresentou um relatório sobre a carreira, alertando para a situação que poderia resultar em um problema grave para a classe. Essa mesma situação continuou sendo apresentada por Witinho, Roberson, Maurílio e toda secretaria de educação. Sim, lembrando que naquela greve de 2014 perdemos 140 ALUNOS, que quando encerrou o movimento a Diretoria da APLB sentou com os professores da Escola Municipal João Borges de Sá e bolaram uns jogos para reconquistarem os alunos. Ali, passamos a tomar mais cuidado e mantermos o foco na mobilização em paralisação, uma vez que sofremos um baque nos recursos da educação no ano seguinte devido a perda de alunos (O RECEIO É QUE NA ÂNSIA DA LUTA PELO DIREITO, O PODER ADMINSTRATIVA , TAMBÉM, USE O SEU DIREITO DE REESTRUTURAR A SUAS RECEITAS E REVEJA O PLANO DE CARREIRA DE UMA HORA PRA OUTRA, COMO ACONTECEU NA GESTÃO PASSADA QUE DE UMA HORA PRA OUTRA O GOVERNO BAIXOU UM DECRETO TIRANDO AS GRADUAÇÕES E, LOGO APÓS, TIROU AS VANTAGES, E DEPOIS DAS REIVINDICAÇÕES DEVOLVEU ATRAVÉS DE PARCELAMENTO), baseando-se na tese de que NÃO PODIA MANTER A FOLHA DA EDUCAÇÃO.  
Em 2016, fomos alertado pela administração que não tinha condições nenhuma de dar o Reajuste do Piso(13,01%), iriam conceder Geaps e Mudança de Nível. PASSAMOS O ANO TODO FAZENDO PARALISAÇÃO E AÇÃO NO MINISTÉRIO PÚBLICO E SÓ FOI APROVADO NA CÂMARA EM DEZEMBRO DE 2016. E acabamos o ano de 2016 com os nossos salários pendurados, ESPERANDO UMA AJUDA DO GOVERNO, QUE SÓ FORAM PAGOS COM O PISO EM 2017.
Já no amanhecer de 2017, tivemos que lhe dar com a mesma situação de não ter recurso para cobrir a folha de pagamento e muitas vantagens foram atrasadas, porém pagas. E a APLB, novamente, fez ação no Ministério Publico, e recebeu a mesma recomendação: “Sente para rever a situação de VOCÊS junto com o Poder ADMINISTRATIVO.
Nesse sentido, Adotou a medida de chorar mais para PERDER MENOS, pois sabe da recomendação da JUSTIÇA COM RELAÇÃO À CARREIRA DO MAGISTÉRIO DE UAUÁ e que não foi feita a parte dela (APLB) no acordo firmando no Ministério Público (REVER A CARREIRA).
Por que do cuidado e cautela com relação a esse assunto? Porque assim como se tem o direito de cobrar, a Administração tem o DIREITO de Reestruturar a máquina administrativa para poder manter suas obrigações, especialmente financeira.
Sendo assim, conforme situação financeira da educação apresentada por várias gestões, através de tabelas, o que condiz com os números apresentados pelo FUNDEB, Estamos à disposição de Antônio Marcos(secretário) para cumprirmos o que foi firmado no Ministério Público em 2014. 
Termino com um desafio feito por Dr. Joel (Construtor do Plano de Carreira e do Estatuto do Magistério de Uauá) em 2014:
“Prolepses, pegue os dados da educação do FUNDEB que apresentei aqui e essa folha de despesa e vá fazer cobranças na Justiça. Depois me ligue e conte o resultado.”
Não serei tão radical...!


(Francisco-Prolepses/Coordenador da APLB-UAUÁ)

ASCOM: APLB-UAUÁ
Contato:
74-9970-2838(Zé Carlos/Diretor sindical)
74-99930-6457(Prolepses/Coordenador)
74-99974-7762(Meire Nanci/Vice-Coordenadora)
E-mail.:

SALVADOR: EM ASSEMBLEIA, PROFESSORES DECIDEM CONTINUAR EM GREVE


Em assembleia realizada, hoje(25/07/18), os professores da Rede Municipal de Salvador decidem manter a greve.

O diretor da APLB-Sindicato de Salvador, Marcos Marcelo, postou no seu facebook:


"Assembleia cheia e chegando gente!
Estamos em greve e não tememos o autoritarismo!
O prefeito de Salvador quer impor reajuste 0%, e propõe um avanço de referência excluindo aposentados e REDAs.
Nenhum trabalhador sem reajuste!
APLB SINDICATO
25/07/2018



GREVE!
A categoria aprova a manutenção da greve!
2400 professores sofreram corte de salários!
Cada professor tem pelo menos 30 alunos.
O Executivo está deixando 72.000 alunos serem afetados pela greve!"


Fonte: Facebook de Marcos Marcelo(Dirigente da APLB-SALVADOR)

segunda-feira, 23 de julho de 2018

SALVADOR: PROFESSORES MOBILIZADOS EM FRENTE AO MERCADO MODELO




Mercado Modelo recebendo os servidores públicos, a Educação e a Saúde por melhores condições de trabalho.

Trabalhadores da Educação e Saúde, junto com todos os demais servidores ocupando todos os espaços da cidade.
Cartão postal de Salvador testemunha a luta dos servidores da educação por melhores condições de trabalho.

Nenhum direito a menos!
APLB e Sindseps.




Fonte: Marcos Marcelo, dirigente da APLB-Salvador

Clínica Dentsão

Clínica Dentsão

Silmara Variedades - O Shopping do Povo

Silmara Variedades - O Shopping do Povo

Confecções Araújo em Uauá

Confecções Araújo em Uauá