Programa A VOZ DO PROFESSOR NA 87 FM

Ouça o programa toda segunda-feira às 20:00 horas na 87 fm, pelo site da aplb ou www.uaua.com.br.

DIRETORIA DA APLB UAUÁ.

Diretoria da APLB UAUA BAHIA.

APLB UAUÁ

Muitas conquistas dessa classe de professores na cidade de Uauá.

Ações da APLB UAUÁ

Foto de manifestação pelas ruas da cidade. Reinvindicando nossos Direitos.

Manifestação pelas ruas da cidade

Fotos manifesto professores.

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

DIRETORIA DA APLB-UAUÁ RECEPCIONA OS PROFISSIONAIS EM EDUCAÇÃO NO ENCONTRO PEDAGÓGICO


Hoje(29\02\16), aconteceu mais um encontro pedagógico dos professores da Rede Municipal de Educação no auditório do Colégio Estadual Nossa Senhora Auxiliadora.
A direção da APLB-UAUÁ, mais uma vez, deu as boas-vindas distribuindo mensagens de incentivo fixas nos bombons e um panfleto ilustrando as conquistas de 2015.
A APLB-UAUÁ recebeu como participantes do encontro o diretor da Regional Nordeste, João Neto(Paripiranga), e o delegado Júlio Cesar(Jeremoabo). Os mesmos usaram da palavra e falaram da organização da APLB, Precatório do FUNDEF, Piso Salarial e da importância da categoria ter um representante no Poder Legislativo para defender à classe.
Logo pela manhã, os dirigentes foram entrevistados no programa "Amanhecer Sertanejo", apresentado por Valdemir Batista, pela rádio comunitária Luz do Sertão FM87,9.

O coordenador, Francisco-Prolepses, disse: "Estou muito feliz: primeiro por ter esse espaço para usar em um momento tão importante como esse(agradeço aos colegas da secretária de educação por nos propor esse momento democrático), segundo; felicíssimo por receber em nossa cidade e nesse momento em que se encontra toda nossa categoria reunida, os nossos novos dirigentes. Pessoas da mais alta competência e credibilidade. Realmente, a APLB-UAUÁ vive o apogeu. Só tenho de agradecer a cada um de vocês que nos confiaram a tarefa estar à frente do sindicato e, especialmente, à diretoria. Uma diretoria dedicada, capacitada e unida. Estamos passando por momentos difíceis e precisamos ter sapiência e discernimento para poder se sobressair. Precisamos estar mais unidos do que nunca. Esse é um ano atípico e importante para cada um de nós. Temos a grande chance de ENTRARMOS NA POLÍTICA E LÁ HASTEARMOS A NOSSA BANDEIRA E LUTARMOS POR UMA EDUCAÇÃO DE QUALIDADE E VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL. DESSA FEITA, COMO PROTAGONISTAS. NÃO PODEMOS PERDER ESSE MOMENTO. DEIXO O MEU NOME PARA SER AVALIADO POR CADA UM PARA SER O REPRESENTANTE DA CATEGORIA NA CÂMARA DE VEREADORES EM 2017. VEJAM QUE TRAVAREMOS UMA GRANDE BATALHA E SE NÃO TIVEMOS ALGUÉM COMPROMETIDO COM AS NOSSAS CAUSAS, CONTINUAREMOS 'GRITANDO NO DESERTO', SOFRENDO NA CAMINHADA. EU ACREDITO QUE NÓS PODEMOS. BOM ENCONTRO E UM EXCELENTE INÍCIO DE ANO LETIVO. AVANTE!"






ASCOM: APLB-UAUÁ
Obs.: Você pode escutar a rádio comunitária do POVO DE UAUÁ, Luz do Sertão FM87,9, pelo nosso blog(aqui).
Contato:
74-9970-2838(Zé Carlos/Diretor sindical)
74-99930-6457(Prolepses/Coordenador)
E-mail.:




segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

EM ASSEMBLEIA PROFESSORES REJEITAM PROPOSTA DE REAJUSTE DA ADMINISTRAÇÃO, MAS MANTEM DIÁLOGO


Em assembleia realizada, hoje(22\02\16), os professores da Rede Municipal rejeitaram a proposta de Reajuste da administração, feita em uma reunião com os sindicatos no dia 18 e enviada no dia 19.
A diretoria da APLB-UAUÁ abriu a reunião dando as boas-vindas à categoria  com mensagem Bíblica e palavras de incentivo. Em seguida, foi apresentando a localização do núcleo na organização do sindicato, assim como relatório orçamentário de 2015, prestação de contas.
 A diretoria, expôs a estimativa de receita do Fundeb para Uauá em 2016 e relatou sobre o estudo da Folha Analítica no ano de 2015, expondo os gastos nos 60%, 40% e 25%. 
 Logo após, um grande debate, a categoria rejeitou a proposta da administração em pagar o TERÇO DE FÉRIAS EM 4X, CONCESSÃO DE MUDANÇA DE NÍVEL E GEAPs A PARTIR DE JUNHO(SEM RETROATIVO) E REAJUSTE SÓ A PARTIR DO SEGUNDO SEMESTRE, FAZENDO UMA CONTRAPROPOSTA: O TERÇO DE FÉRIAS EM 2X E O REAJUSTE A PARTIR DE MARÇO.

O coordenador, Francisco-Prolepses, disse: " O que me deixa mais triste(triste mesmo) é a ausência de Atitude de quem está posto para Propor, Sugerir, Indicar, arranjar meios viáveis para solucionar situações, juntamente com os sindicatos. Nós estamos prontos! Estamos sempre presentes! Hoje, mais do que nunca(é uma questão de sobrevivência profissional), nós precisamos participar intensamente do processo político desse ano. Vamos hastear a nossa bandeira da educação e fazê-la reluzir em cada DISCURSO. Nós precisamos fazer com que os candidatos ao poder Executivo e Legislativo se comprometam em priorizar a Educação em suas Gestões, propondo projetos viáveis para solucionar os problemas atuais. Não tenho dúvidas que essa será a grande batalha que teremos de travar. Simplesmente, porque vejo nos olhos de cada um o cansaço e o desanimo. Afinal, são quatro anos nesse itinerário pela valorização e a qualidade na educação."











A direção!


ASCOM: APLB-UAUÁ
Obs.: Você pode escutar a rádio comunitária do POVO DE UAUÁ, Luz do Sertão FM87,9, pelo nosso blog(aqui).
Contato:
74-9970-2838(Zé Carlos/Diretor sindical)
74-99930-6457(Prolepses/Coordenador)
E-mail.:



terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

FNDE TRANSFERE R$ 1,59 BILHÃO DO SALÁRIO-EDUCAÇÃO


Estados, municípios e o Distrito Federal já podem investir os recursos referentes à parcela de janeiro do salário-educação, disponíveis a partir desta terça-feira, 16, nas contas correntes dos entes federativos. Responsável pelo repasse, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) transferiu R$ 1,59 bilhão aos beneficiários na última sexta-feira, dia 12.
Foram repassados R$ 865,4 milhões às redes municipais e R$ 724,8 milhões para as redes estaduais e distrital. O repasse feito a cada ente pode ser conferido no portal do FNDE (www.fnde.gov.br), em Liberação de recursos.
Ao lado do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), o salário-educação é uma das principais fontes de recursos para a manutenção e o desenvolvimento do ensino. Trata-se de uma contribuição social recolhida de todas as empresas e entidades vinculadas ao Regime Geral da Previdência Social. A alíquota é de 2,5% sobre a folha de pagamento.
Após a arrecadação, feita pela Receita Federal, cabe ao FNDE repartir os recursos, sendo 90% em quotas estadual/municipal (2/3) e quota federal (1/3), e 10% para serem utilizados pela autarquia em programas e ações voltados à educação básica.
Distribuída com base no número de matrículas no ensino básico, a quota estadual/municipal é depositada mensalmente nas contas correntes das secretarias de educação. Já a quota federal é destinada ao FNDE, para reforçar o financiamento da educação básica, com o intuito de reduzir os desníveis socioeducacionais entre municípios e estados.

Fonte: FNDE
ASCOM: APLB-UAUÁ
Obs.: Você pode escutar a rádio comunitária do POVO DE UAUÁ, Luz do Sertão FM87,9, pelo nosso blog(aqui).
Contato:
74-9970-2838(Zé Carlos/Diretor sindical)
74-9996-6476(Prolepses/Coordenador)
E-mail.:

 

domingo, 14 de fevereiro de 2016

COORDENADOR, FRANCISCO--PROLEPSES, CONFIRMA PRÉ-CANDIDATURA A VEREADOR


O coordenador da APLB-UAUA, Francisco-Prolepses, confirmou no último sábado(13) a pré-candidatura a vereador, após reunião com integrantes da diretoria e amigos. O mesmo encontra-se filiado ao Pc do B. Tendo como objetivo defender a bandeira da educação no poder Legislativo, atendendo a meta do sindicato de ter representante da categoria, o coordenador foi lembrado devido ao trabalho prestando à frente da categoria ao longo dos 05 anos coordenando o sindicato. Conhecido por sua dedicação, autenticidade, objetividade, posicionamento e responsabilidade, é tido como bom nome para representar a categoria no meio político. O mesmo externou: "Nós temos um trabalho reconhecido à frente da categoria. Precisamos ocupar o nosso espaço na política para que possamos pontuar, com credibilidade, ações que são importantes para o desenvolvimento da Educação e a valorização dos profissionais da pasta. Entendemos que esse é o momento certo. Sabemos da responsabilidade que o cargo nos impõe, assim como das dificuldades que enfrentaremos para alcançá-lo. Mas, trabalhamos em equipe. E juntos somos mais fortes. Somos uma categoria no Sindicato e Seremos a mesma Categoria no Poder Legislativo."



ASCOM: APLB-UAUÁ
Obs.: Você pode escutar a rádio comunitária do POVO DE UAUÁ, Luz do Sertão FM87,9, pelo nosso blog(aqui).
Contato:
74-9970-2838(Zé Carlos/Diretor sindical)
74-9996-6476(Prolepses/Coordenador)
E-mail.:

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

ESTADOS E MUNICÍPIOS PODERÃO CONSTRUIR CRECHES EM ESCOLAS QUE JÁ EXISTEM


Sem tempo hábil de construir prédios para creches e pré-escolas para atender a toda a demanda do país, o Ministério da Educação (MEC) oferece a estados e municípios a opção de construir espaços voltados para atender a crianças de 4 e 5 anos em escolas que já existem.
Oferecer educação para crianças de até 5 anos será prioridade nos investimentos da União em estados e municípios, diz o ministro da Educação, Aloizio Mercadante. Por lei, pelo Plano Nacional de Educação (PNE), o Brasil terá que incluir ainda este ano 600 mil crianças em pré-escolas.
“Disponibilizaremos módulos de ampliação mais baratos e que respondem rapidamente à necessidade de ampliação das creches”, afirma Mercadante, “O município que já tem a escola, rede de água, luz, poderá fazer um módulo a mais e atender às crianças”, acrescenta. Dois modelos estarão disponíveis – um que atende a 48 alunos e é instalado em 60 dias e, outro, que  atende a 96 crianças e é executado em 90 dias.
Levantamento feito pela organização não governamental Todos Pela Educação mostra que, na última década, as crianças de 4 a 5 anos foram as que mais tiveram avanço no acesso à educação básica. O percentual de atendimento nessa faixa etária evoluiu de 72,5% em 2005, para 89,1% em 2014, o que representa uma variação de quase 17 pontos percentuais.
“A educação infantil será prioridade, ainda faltam creches e há o problema de acesso, colocar 600 mil crianças de 4 e 5 anos nas escolas em todas as prefeituras do Brasil”, diz Mercadante.
Novo PAR
A construção de creches ou mesmo a ampliação das escolas deve constar no chamado Plano de Ações Articuladas (PAR), documento que norteia as transferências de recursos da União aos demais entes federados. O MEC lançou hoje (28) o novo sistema do PAR.
O plano é elaborado por gestores de estados e municípios e vale por quatro anos. O novo ciclo do PAR começa em 2016 e segue até 2019. “O plano é a bússola da relação entre o MEC e qualquer estado ou município. Toda relação tem que estar prevista no plano”, afirma Mercadante.
Pelo novo modelo, o PAR passa a ser direcionado pelas regras previstas no PNE, lei sancionada em 2014 que prevê metas para melhorar a educação em dez anos.
No novo sistema, os gestores estaduais e municipais têm acesso detalhado a dados da rede de educação, formação de professores, prestação de contas e outros e podem acompanhar a evolução dos objetivos planejados. Para utilizar o sistema, os entes federados têm, no entanto, que ter aprovado o próprio plano de educação.
De acordo com o MEC, entre 2011 e 2015, mais de 5,5 mil municípios dos 27 estados brasileiros elaboraram o PAR. Foram investidos R$ 25 bilhões nesse período, na compra e distribuição de mobiliário, veículos escolares e tablets. Mais de 6,3 mil creches e mais 4,2 mil escolas de ensino fundamental e médio foram construídas.
Fonte: Agência Brasil

ASCOM: APLB-UAUÁ
Obs.: Você pode escutar a rádio comunitária do POVO DE UAUÁ, Luz do Sertão FM87,9, pelo nosso blog(aqui).
Contato:
74-9970-2838(Zé Carlos/Diretor sindical)
74-9996-6476(Prolepses/Coordenador)
E-mail.:

 


Clínica Dentsão

Clínica Dentsão

Silmara Variedades - O Shopping do Povo

Silmara Variedades - O Shopping do Povo

Confecções Araújo em Uauá

Confecções Araújo em Uauá